CALIGRAFIA LIVRE

oficina_caligrafia-livre, vagas esgotadas

(Vagas esgotadas. Teremos uma nova turma em setembro. Logo informaremos a data. Para lista de espera escreva para faferiadnadearte@gmail.com. Obrigado)

CALIGRAFIA LIVRE

1º de julho (sábado) • 13h30 às 18h30, carga horária: 5h, 10 vagas

Ministrante Ivan Jerônimo


RESUMO
Um convite para experimentar a caligrafia como arte visual. Vamos conhecer as possibilidades criativas de vários instrumentos. Começamos com uma demonstração dos estilos e suas ferramentas, tintas e suportes, incluindo materiais alternativos. Depois passamos à prática, em que o participante testa materiais, composições, faz seu próprio instrumento e desenvolve uma obra no estilo que preferir.

METODOLOGIA

  • A arte da caligrafia hoje: instrumentos, suportes e estilos
    • Fundamentos: proporção, contraste, ritmo e composição
    • Demonstração dos materiais e seus resultados
    • Como fazer uma pena de bambu e um tira-linhas caseiro
    • Experimentação com materiais e composições
    • Escolha de um instrumento e tema para um trabalho final

VALOR
R$ 190

PRÉ-REQUISITOS

Não é necessário conhecimento prévio.

O material de uso comum (papel, tinta etc) já está incluído. O participante fica com o instrumento feito no curso.

Cada participante deve levar:

  • Estilete (importante: com lâmina nova)
  • Lata vazia de alumínio (refrigerante, cerveja etc)
  • Um pote pequeno (uns 50 ml), vazio, com tampa, para guardar tinta. Pode ser de tempero, remédio, cosmético…
  • Lápis ou lapiseira
  • Borracha
  • Régua
  • Tesoura

É interessante levar:

  • Uma frase, citação ou palavra.
  • Avental, guarda-pó ou ir com uma roupa que possa ser manchada.
  • Se já tiver pincel chato, pena, nanquim, ou qualquer outro material de caligrafia, traga também.

PÚBLICO ALVO
A partir de 16 anos

NUMERO MÍNIMO
5 inscritos

NUMERO MÁXIMO
10 inscritos

QUEM É O MINISTRANTE
Ivan Jerônimo é designer de interfaces e atualmente dedica-se também à arte da caligrafia, misturando a abordagem tradicional (ou histórica) com a contemporânea usando uma variedade de materiais, como nanquim, guache e aquarela. Formou-se em jornalismo pela UFSC em 1998. Teve o primeiro contato com a caligrafia em 2000, ano em que trabalhou em um estúdio de design gráfico no Japão. Frequentou as oficinas de arte de Rui Kronbauer, Annete Keys e Mara Santos, todas no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. Já participou de três exposições coletivas de pinturas e desenhos no Espaço Oficinas do CIC.

ivanjeronimo.com.br

 

Anúncios